quinta-feira, 6 de maio de 2010

A "Guilhas"

A nova Cossoul de sempre. Lisboa , Junho de 2009

O que é a Guilherme Cossoul?
A Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul é uma das mais antigas e prestigiadas agremiações de Lisboa. Foi fundada em 1885 por 47 amadores de música e admiradores de Guilherme Cossoul. Guilherme Cossoul foi um compositor e violoncelista português do século XIX, que fundou os bombeiros voluntários em Portugal.
Ao longo da sua história de 124 anos , além de um espaço de forte dinamização cultural e cívica, sempre satisfez as necessidades educativas, artísticas e desportivas dos seus associados e da cidade de Lisboa.
o Alfabetizou cidadãos, ensinou oficios, formou campeões desportivos, músicos, actores, encenadores, dramaturgos e técnicos de cena.
o A Guilherme Cossoul sempre foi e continua a ser um alfobre de novos talentos . Do Raul Solnado ao Pêpê Rapazote, entre tantos, tantos outros.

1950 - 2007
2. Jacinto Ramos, José Viana , João Pedro de Andrade, Fernando Gusmão , Artur Semedo, Rogério Paulo , Carlos Avilez, Humberto d’Ávila , Alda Rodrigues, Alina Vaz , Celestino Silva, Dinah Stichini , Fernanda Alves, Gilberto Gonçalves , Glicínia Quartin, Grece de Castro , Henrique Viana, Isabel Wolmar , Jacinto Ramos, João Sarabando , José Terra, José Viana , Judite Marques, Luís Alberto , Manuel Cavaco.

Um viveiro de talento, não apenas no teatro , que levou à cena 20 peças nos últimos dez anos.
Mas igualmente na Música (com 60 concertos por ano), na Literatura (com mais de 90 títulos originais), na Dança , no Cinema e Audiovisual , nas Artes Plásticas , na Formação Artística e Associativismo.
Hoje , como sempre, a Cossoul . garante a diversidade da oferta e o pluralismo da criação cultural , fomenta a criação, experimentação e inovação nas diversas áreas artísticas, e promove novos talentos ainda desconhecidos do grande público, incentivando a vertente educativa das artes e a sua efectiva ligação ao meio escolar .

A Guilherme Cossoul é uma associação:
-de carácter popular e amador – de abertura e inclusão, de troca, convívio e generosidade;
-com uma vocação eminentemente artística – consubstanciada nas várias formas de expressão;
-e que tem na componente formativa - de sementeira de talento – a sua singularidade.

A Guilherme Cossoul, consciente da importância da cultura no desenvolvimento social e económico das comunidades, tem como principal objectivo criar melhores condições de acesso ao conhecimento e à cultura .
”A Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul, instituição de utilidade pública, é uma das mais prestigiadas associações culturais de Lisboa que, ao longo da sua existência, tem tido um papel fundamental na afirmação e revitalização das artes, nomeadamente com o contributo para o incremento e valorização do Teatro Português, formando e fazendo emergir novos encenadores, actores e cenógrafos de grande relevância nesta área cultural.”

A nova Guilherme Cossoul

2009 é um ano decisivo.
Não é todos os dias que uma instituição que comemora 124 anos e se prepara para uma mudança de instalações .
A 27 de Março de 2009, dia Mundial do Teatro, por iniciativa da CML, foi assinado um protocolo de cedência das novas Instalações da Guilherme Cossoul, numa cerimónia oficial na Casa do Artista em Lisboa.
Palácio dos Laguares , sito na Rua Professor Sousa da Câmara nº 156, em Campolide.
Palácio referenciado desde 1742, funcionava até à pouco tempo atrás como uma escola primária. Este palácio mantém motivos arquitectónicos de interesse, destacando-se um pátio interior com painéis de azulejos com figuras alegóricas de finais do século XVIII), que pela sua àrea ocupacional permite a adequação ideal às necessidades da Guilherme Cossoul.

Uma comunidade viva e em movimento.
Exposições Filo-Cafés Concertos Peças de Teatro A dimensão real da comunidade artística. Cursos e Workshops 750 visitas/ano 2.000 visitas/ano 2.700 visitas/ano 5.000 visitas/ano 12.000 visitas/ano 22.450 consumidores de cultura.

Av. D. Carlos I, nº 61, 1º andar 1200-647
Lisboa

www.guilhermecossoul.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário